quarta-feira, 4 de agosto de 2010

De palavra pra palavra


Vim ter com a palavra.

Onde ela está?
Chamo, chamo e chamo
mas a palavra não me responde,
a palavra não fala.

Eu penso que tudo é palavra,
Tudo é palavra,
tudo que penso é palavra,
Penso é palavra,
Eu sou palavra.

Palavras são metáforas,
disse um mestre das palavras,
Palavras são metáforas
pro que não cabe nas palavras.

Eu, é palavra
mas eu não caibo na palavra
Eu transbordo da palavra
Eu sou metáfora
Não, eu é metáfora
pro eu que transborda.
Transbordar é metáfora
pro que não cabe na palavra

Ahh! a palavra me deixa tonto!
Tonto, é uma palavra girando.
Mundo, é uma palavra girando.
Mas a palavra não gira,
a palavra é parada
é metáfora parada.
A palavra Mundo é parada
A palavra é mundo parado
A palavra não me deixa girar
Não me deixa ver a vida além da palavra
Por que a Vida pra ela, é só palavra.

Eu quero viver além da palavra
Da palavra que sai da minha boca.
Mas a palavra não sai do meu pé!
Sai de mim, palavra!
Me deixa viver Impressão!

5 comentários:

  1. Suas poesias são meio psicóticas... ;)

    ResponderExcluir
  2. psicóticas não :/ [são confusas]

    ResponderExcluir
  3. gostei das suas PALAVRAS!rs XD
    palavras.. palavras... repetindo agora me pareceu um trava-língua... estranho...rsrs

    ResponderExcluir
  4. trava-lingua psicótico e confuso uhm.... vo refeletir sobre isso srrsrs

    ResponderExcluir
  5. NÃAAAAAAAAAO MEU DEEEEUS, ANDY REFLETINDO OO
    VAI SAIR FUMAÇA! [ahsuiahsiu (:]

    ResponderExcluir